www.CANAADOSCARAJAS.pa.gov.br
NOTÍCIAS
SERVIÇOS ONLINE
 
 
Prefeitura
 
(94) 3358-1322
 
DMTC (viatura)
 
(94) 9104-0544
 
SINE
 
(94) 3358-1319
 
Conselho Tutelar
 
(94) 3358-1764 / 9150-4513
 
Hospital Municipal
 
(94) 3358-1671
 
Polícia Militar (viatura)
 
(94) 9154-6464

   
 
Nova escola padrão receberá nome em homenagem a pioneiro de Canaã; Saiba mais sobre Carmelo Mendes
Fonte: Ascom PMCC
Postada em: 17/07/2015
Produtor rural, empreendedor, líder religioso, pai, político, ??Irmão Carmelo?. Em todas as áreas em que atuou, Carmelo Mendes da Silva obteve respeito e admiração. Em 54 anos de vida, ele marcou seu nome na história de Canaã dos Carajás e da região e será homenageado, com muita justiça, ao emprestar seu nome para a nova escola padrão construída pela prefeitura, no Bairro Ouro Preto, que será inaugurada neste sábado, às 10h.

Confira abaixo um pouco da história de Carmelo Mendes:

Nascido aos 28 de dezembro de 1939, em João Pinheiro (MG), filho de Sinfronio Mendes da Silva e Benedita Raquel de Jesus. Além dele, filho homem mais velho, a família era composta por mais dois irmãos e seis irmãs. Aos 12 anos se viu obrigado a assumir a responsabilidade pela família, consequência da separação dos pais, enfrentou o serviço pesado na agricultura, se igualando aos adultos em trocas de diárias de serviço braçal para colocar alimento na mesa para a família, ajudando a mãe senhora Benedita a cuidar dos irmãos mais novos.

Aos 19 anos, casou-se com a senhora Alminda Gaspar da Silva, em 25 de julho de 1959, dando início uma nova etapa da vida, casamento bem sucedido e duradouro, foi agraciado por Deus com dez filhos, sendo quatro homens e seis mulheres.

Não era abastado em bens materiais, mas tinha muita força de vontade e fé em Deus, sempre apaixonado pela agricultura e pecuária.

Em 1974, mudou-se para o município de Arinos (MG), região onde ocorreu um projeto de reforma agrária do INCRA. Foi contemplado com um lote agrícola, ali conquistou seu espaço em todos os aspectos.

Em 1980, com alto índice de aprovação, foi eleito vereador naquele município.

Homem visionário, família numerosa, sentiu então necessidade de mudança, de buscar novas conquistas. Conheceu o Pará em 1984 e ficou encantado com o imenso verde que viu, mudou para esta região logo em seguida. Adquiriu uma fazenda nas Três Braças, a 6 km da pequena Vila CEDERE II, foi um dos grandes produtores da época, cultivou milho, banana, feijão, etc. Investiu forte na pecuária, prestou um grande trabalho social na região, socorrendo pessoas com seu transporte particular, pois a sede do município era ainda em Marabá, com estradas péssimas, dificultando ainda mais o apoio municipal. Ele acabou, com alguns veículos, substituindo ambulâncias, conduzindo pessoas para Marabá, Araguaína e outras cidades.

Conquistou muita amizade, era chamado por todos carinhosamente de ??Irmão Carmelo?. Líder religioso, serviu na Igreja por vários anos, inicialmente como diácono e depois como presbítero.

Na primeira eleição de Parauapebas, em 1988, concorreu ao cargo de vice-prefeito, muito bem votado no seu colégio eleitoral, porém, o nome que encabeçou a chapa não alavancou em Parauapebas.

Participou ativamente na eleição do atual Prefeito Jeová Andrade para vereador no mandato de 1992 a 1996, bem como no processo de emancipação da nossa linda cidade, fazendo várias viagens a Belém com a comissão de emancipação da qual fazia parte, participou também da escolha do nome para a então pequena Vila CEDERE II, onde, entre outras sugestões, foi destaque CANA? DOS CARAJÁS, cidade que escolheu para deixar legados. Homem de fé, amigo, companheiro, valoroso, pai e esposo inquestionável.

No final de 1992 apresentou graves problemas cardíacos, sendo diagnosticada a doença de chagas, bloqueio e arritmia. Com o apoio da família e amigos, recorreu a bons médicos nas capitais, mas era muito tarde para obter sucesso.

Porém deixou mais um exemplo de força e fé. Embora com a saúde fragilizada, manteve-se firme, sorridente, nunca murmurando, transmitia muita paz aos familiares e amigos.

Veio a óbito no dia 12 de maio de 1994, às 19h, em Marabá, aos 54 anos.

No dia seguinte, todo comércio local permaneceu fechado em respeito e carinho ao grande cidadão que estava sendo velado. Os amigos não concordaram em usar carro para o traslado, revezando o levaram até o cemitério local.

Deixa então um legado inesquecível, recheado de todas as boas qualidades possíveis ao ser humano.

 
  Comentários
   
 
 
 
 
www.canaadoscarajas.pa.gov.br
Todos os direitos reservados 2013-2016. Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás, Pará, Brasil
Site desenvolvido pela ASCOM
Nova escola padrão receberá nome em homenagem a pioneiro de Canaã; Saiba mais sobre Carmelo Mendes