Em Canaã, Prefeitura intensificará ações de combate à leishmaniose, dengue, chikungunya e zika

 

A Prefeitura de Canaã dos Carajás, por meio das secretarias de Saúde, Obras, Meio Ambiente e Código de Postura, intensificará nas próximas semanas as ações de combate à dengue, leishmaniose, chikungunya e zika. Os trabalhos vão se estender para vários bairros do município e acontecerão entre os meses de setembro e novembro. A meta da Secretaria de Saúde, que encabeça a iniciativa, é reduzir os índices de transmissão das doenças combatendo os seus principais focos.

Douglas Pacheco, coordenador de vigilância e saúde do município, explicou como serão feitos os trabalhos de combate. “A equipe da Prefeitura vai passar de casa em casa orientando sobre a leishmaniose visceral e sobre a dengue, chikungunya e zika. Além disso, também será feita a distribuição de sacos plásticos de lixo e a eliminação dos focos do mosquito, caso necessário. Nas casas situadas em locais de incidência de leishmaniose em humanos, a borrifação química também acontecerá.”

O coordenador também explicou que os moradores que tiverem entulhos em suas residências devem coloca-los para fora para que as equipes da Semob façam o recolhimento. “Quando o mutirão de combate às doenças chegar a cada localidade haverá a divulgação por meio de carro de som para que os moradores fiquem atentos e nos auxiliem no trabalho.”

Além do trabalho nos bairros, as equipes da Prefeitura intensificarão a conscientização nas escolas. O objetivo é orientar os alunos sobre os perigos da doença e as respectivas maneiras de se prevenir. Ao todo, nove escolas já receberam palestras desde o início de agosto sobre os perigos do Calazar.

Outra ação que já está sendo realizada pela Semsa é o treinamento de servidores públicos de todas as pastas de governo para que estes sirvam como multiplicadores de conhecimento para a população.

Formas de prevenção:

Leishmaniose –  A melhor forma de evitar a doença é a higienização das residências, visto que o mosquito palha procura lixo orgânico para se reproduzir. Além disso, é fundamental tomar o devido cuidado com os cães, fazer o uso periódico de repelentes, a utilização de telas nas janelas e portas e evitar queimadas em regiões de mata, já que isso atrai o mosquito para a cidade.

Dengue, chikungunya e zika – As três doenças são causadas por vírus diferentes, mas transmitidas pelo mesmo mosquito, o Aedes Aegypti. No verão, os índices das doenças aumentam drasticamente. Desta forma, a melhor maneira é evitar o acúmulo de água parada, fazer o correto tratamento de piscinas e jamais descartar o lixo em lugar exposto.