Em sessão do legislativo, secretário fala sobre Fundo Municipal de Desenvolvimento

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Canaã dos Carajás, Jurandir José, utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, durante a 1ª Sessão Ordinária de 2019, realizada nesta terça-feira (5), para falar sobre o Fundo Municipal de Desenvolvimento Sustentável do município. O projeto, que nasceu em 2017, tem o objetivo de fomentar o empreendedorismo no município e criar, através disso, alternativas para a geração de emprego e renda em Canaã.

No final do ano passado, a própria Câmara Municipal de Canaã aprovou, e a Prefeitura Municipal sancionou, a alteração da Lei nº 753, que trata do Fundo de Desenvolvimento, e novas regras, que deixaram o processo mais claro e objetivo, foram instituídas.

Jurandir lembrou que os últimos detalhes técnicos do fundo estão sendo concluídos.” Atualmente, temos pouco mais de R$ 12 milhões já em conta. Estamos próximos de liberar esse recurso ao empreendedorismo. Esse crédito será importante para empreendedores de vários tipos. Essa é uma luta importantíssima pela geração de emprego e renda no município.”

Um dos responsáveis pela gestão do Fundo, Jorge Tomazi, fez uma explicação técnica sobre o recurso. “A gente precisou fazer algumas alterações por alguns detalhes legais importantes. As alterações aconteceram, principalmente, para que o crédito abrangesse mais o desenvolvimento econômico da região. Inclusive, agora a pessoa física que está em situação de vulnerabilidade social ou que é produtora rural pode utilizar o crédito. Vale lembrar que todas as explicações técnicas serão feitas semanalmente na sede da Secretaria de Desenvolvimento para esclarecer melhor essa questão.”

Sobre o Fundo

Com o objetivo de consolidar a sustentabilidade econômica do município, o governo de Canaã criou o Fundo Municipal de Desenvolvimento Sustentável (FMDS). A partir disso, empreendedores do município poderão ter acesso a uma linha de crédito para investimento com menor taxa de juros e menor burocracia. A iniciativa destina 5% do valor da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) para investimentos em negócios de diferentes áreas.

Uma vez disponíveis, os valores podem ser utilizados na implantação, expansão, modernização e diversificação das atividades econômicas no município. A expectativa do governo municipal é que o FMDS seja um importante marco na busca pela geração de emprego e renda em Canaã.

Para saber mais sobre o FMDS, acesse ESTE LINK.