Pacto por Canaã: oficina debate direitos da criança e adolescente no município

O auditório do Sine de Canaã dos Carajás é palco, nos dias 17 e 18 de outubro, de uma oficina para debater os direitos da criança e adolescente como uma das ações do Pacto por Canaã, proposta que visa transformar o município em uma das melhores cidades para se viver no Brasil.

Nestes dois dias, as secretarias de Desenvolvimento Social, Educação e Saúde, sociedade civil e órgãos como Conselho Tutelar, Apae, Selo Unicef e Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) debatem o trabalho com os jovens. “Essa é uma reunião de trabalho para discutir estratégias, dentro do Pacto por Canaã, para atender melhor as nossas crianças e adolescentes a curto, médio e longo prazo” destacou Marcos Wilker, presidente do CMDCA.

O objetivo do governo municipal é envolver todos os setores da sociedade no trabalho de defesa e garantia de direitos. Um dos principais setores envolvidos na questão, a educação municipal está sendo representada no encontro. “Nós estamos reunidos para discutir a rede de proteção e defesa das crianças e adolescentes. Acredito que isso vai nos ajudar muito, pois estamos enfrentando problemas sociais e é necessário elencar ações para garantir que os direitos desses jovens sejam respeitados” explicou Roselma Milani, secretária de Educação.

Secretário de Desenvolvimento Social, Ronaldo Araújo destacou que a união de forças é importante neste momento. “Uma oficina como essa é importante, pois a luta pelos direitos precisa estar incluída no Pacto por Canaã. É fundamental que todos abracem essa causa neste instante.”

O prefeito Jeová Andrade reforçou a fala do secretário. “Construir uma sociedade melhor é dever de todos nós. Portanto, entendo que este encontro é fundamental para garantir isso. A proposta do Pacto por Canaã é envolver toda a sociedade em melhorias para Canaã dos Carajás e fazer deste município um lugar melhor para os jovens é, também, uma das nossas propostas.”

O debate acontece ao longo dos dois dias. A ideia é que, ao final do encontro, estratégias sejam traçadas para que toda a sociedade contribua para transformar Canaã em uma cidade melhor para crianças e adolescentes.