Prefeitura de Canaã vai conceder cestas básicas para famílias com crianças vulneráveis que estão com as aulas suspensas

Ação deve começar nesta quarta por meio de parceria entre SEMED e a SEMDES – Imagem meramente ilustrativa

Com o objetivo de garantir que as crianças em idade escolar sigam mantendo uma alimentação saudável após a suspensão das aulas como medida de enfrentamento ao coronavírus, a prefeitura de Canaã, por meio das secretarias municipais de Educação (SEMED) e de Desenvolvimento Social (SEMDES), vai conceder cestas básicas a 238 alunos matriculados na rede municipal e a suas famílias, e será considerada a legislação que regulamenta o programa de Benefícios Eventuais para execução do trabalho. A ação será realizada por meio dos CRAS do município de Canaã.

A entrega deve começar nesta quarta-feira (25), e será feita pelas equipes da SEMDES. Segundo a secretária de Educação, Roselma Feitosa, a preocupação com ações voltadas a essas crianças mais vulneráveis começou já no dia da suspensão das aulas.

“Logo no dia 18, quando foi publicado o decreto, as escolas já iniciaram a confecção de kits de alimentos perecíveis, com leite, queijo, iogurte, verduras, frutas e torradas e distribuíram para as crianças do grupo social mais vulnerável”, destacou. “As escolas que possuem alunos com restrições alimentares foram orientadas a fazer um kit básico para cada criança”, completou.

Segundo ela, a identificação desse grupo prioritário inicial, com 238 famílias, foi feita por meio do serviço de orientação escolar e da pesquisa censitária realizada durante a construção do Projeto Político Pedagógico das Escolas. Caberá à Secretaria de Educação também a disponibilizar o transporte para que a equipe da SEMDES possa fazer a entrega das cestas, facilitando a logística.

COMPARTILHAR