Formato de funcionamento do Fundo de Desenvolvimento é apresentado a equipe de governo

Com o objetivo de garantir o bom uso do Fundo Municipal de Desenvolvimento Sustentável (FMDS) na promoção de empreendimentos econômicos em Canaã, a prefeitura do município está realizando uma série de treinamentos com a comunidade. O formato operacional foi apresentado para discussão da equipe de governo na manhã desta sexta-feira (12). Participaram do encontro o prefeito Jeová Andrade, a primeira-dama, Wayna Andrade, o vice, Alexandre Pereira, secretários e técnicos de todas as áreas da administração, que acompanharam uma explanação sobre o funcionamento do Fundo e puderam fazer questionamentos e sugestões.

Criado por Lei em dezembro de 2016, o Fundo tem o objetivo de financiar, a juros baixos, empreendedores interessados na implantação, expansão, modernização e diversificação das atividades econômicas no município. O foco é, sobretudo, nos pequenos e médios negócios, urbanos e rurais. Para isso, são destinados 5% de todos os royalties da mineração recebidos pela administração.

Segundo a proposta, o interessado em acessar o Fundo deve receber treinamento na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semdec). A empresa ou pessoa física não receberá da administração dinheiro por si só, mas investimento em maquinário, equipamento e/ou matéria prima.

O Fundo também vai trabalhar aliado a outras práticas de fomento à diversificação econômica que já funcionam no município, como a Economia Solidária, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Social, e o Pro Campo, da Secretaria de Produção Rural.

Segundo o analista da Semdec, Jorge Tomazi, responsável pela apresentação, as exigências previstas na Lei visam “garantir a legalidade e a sobrevivência do projeto a longo prazo. “Estamos trabalhando com receita pública e temos que tomar cuidado e ter critérios para isso, para garantir que o Fundo continue existindo ao longo do tempo”, defendeu. Ele ainda destacou que o Fundo não deve ser encarado como uma instituição bancária, mas “como uma ferramenta de desenvolvimento econômico”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Canaã, Jurandir José dos Santos, aproveitou para destacar que, junto à reestruturação do Fundo, o funcionamento do Distrito Empresarial de Canaã continua avançando. “Já temos cerca de 15 empresas autorizadas para se instalarem e vamos abrir a quarta etapa de licitação. Todas as empresas estão no prazo previsto, algumas bem avançadas, e a gente pretende que no fim do ano no mínimo dez já estejam instaladas”, disse.

 

COMPARTILHAR